sábado, 1 de março de 2008

Esquinas

Só eu sei
As esquinas porque passei
Só eu sei, só eu sei
Sabe lá o que é não ter
E ter que ter pra dar
Sabe lá sabe lá
E quem será
Nos arredores do amor
Que vai saber reparar Que o dia nasceu
Só eu sei
Os desertos que atravessei
Só eu sei, só eu sei
Sabe lá
O que é morrer de sede Em frente ao mar
Sabe lá, sabe lá E quem será
Na correnteza do amor
Que vai saber se guiar
A nave em breve ao vento
Vaga de leve e traz
Toda a paz
Que um dia o desejo levou
Só eu sei
As esquinas porque passei
Só eu sei, só eu sei

Djavan

Um comentário:

Éverton Vidal disse...

Adoro essa cançao... Gosto da forma distinta e despojada como as letras dele falam da existência humana... muito recheada de evangelho tb.